quinta-feira, 28 de junho de 2018

 É de manhã
         o céu como talismã
o mundo película e paisagem
         tão cheio de luz e saudade


Estamos aqui de passagem
      o mundo intensa viagem
estamos no mesmo trem
                          ida vinda ida além


Além do entendimento
       das dor, alegria, lamentos
além de fulgurosas estrelas
      além dos estacionamentos.

segunda-feira, 11 de junho de 2018

Só se ama uma vez
     quando ardor
                  atingido
                     o sentimento
                                      for.
Qual futuro do presente na lembrança?

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Os óculos de Drummond.
Entre a montanha e o mar
ei-lo ali
entre o passado e o porvir
entre o agora e o amanhã
com seu óculos fúlgido e fugidio
observando o tráfego
e o semáforo que não funciona.
Ei-lo ali
sentado no banco
com suas lágrimas de chuva
e seu silêncio de ferro
tão de ferro que é como
um sol de dentro,abrasador
com suas ondas de horas
com seus mesmos sonhos
constituinte de obras:
amor como uma causa simples
amor como um mar afora.
Orlando Rangel

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Amar é tão sagrado
que até o amor
quer ser amado